NOTÍCIAS, BRASIL, MUNDO, ECONOMIA, POLÍCIA, POLÍTICA 
Jovem Pan AM's news on channel Notícias
Polícia Federal cumpre dois mandados de prisão da Operação Lava Jato

fonte: Frame/Folhapress Polícia Federal cumpre dois mandados de prisão da Operação Lava Jato Polícia Federal cumpre dois mandados de prisão da Operação Lava Jato

Desde a madrugada desta sexta-feira (27), a Polícia Federal cumpre dois mandados de prisão de investigados na Operação Lava Jato, sendo um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro. A iniciativa também prevê uma terceira ação judicial: busca e apreensão, que será em São Paulo.


Os presos serão encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba preventivamente, onde ficaram à disposição da PF para prestar depoimento. A PF não divulgou mais detalhes.


A investigação do esquema de lavagem de dinheiro começou em março de 2014 e está em sua décima fase, chamada de “Que país é esse?” e que teve início no dia 16 de março.



LEIA MAIS ...



Pilotos franceses anunciam denúncia por violação de segredo profissional

Pilotos franceses anunciam denúncia por violação de segredo profissional

Paris, 27 mar (EFE).- O Sindicato Nacional de Pilotos de Linha da França (SNPL) anunciou nesta sexta-feira que deve apresentar uma denúncia perante a Justiça pelos vazamentos na investigação da queda do avião da Germanwings nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo.


O vazamento sobre o conteúdo de uma das caixas-pretas dessa aeronave constitui, na opinião do SNPL, um sério descumprimento das normas de investigação de um acidente fundamentais e globalmente aceitadas.


O presidente do SNPL, Erick Derivry, declarou hoje à emissora "BFM TV" que vai apresentar uma denúncia contra "X", na qual não especifica o suposto culpado, por violação de segredo profissional.


Pouco antes que a procuradoria oferecesse ontem as primeiras conclusões sobre a tragédia com dados do Escritório de Investigações e Análise (BEA), encarregada de investigar o caso, jornais como "Le Monde" e "The New York Times" já dispunham de fontes que tinham lhes antecipado detalhes.


Com essa denúncia, segundo Derivry, o SNPL procura uma reforma do BEA, que, em sua opinião, não é "totalmente independente" nem em seu atual modo de funcionamento nem em seu projeto orçamentário, constituição ou nomeação de seu diretor. EFE



LEIA MAIS ...



Bashar al Assad afirma que presença russa no Mediterrâneo traz estabilidade

Bashar al Assad afirma que presença russa no Mediterrâneo traz estabilidade

Moscou, 27 mar (EFE).- O presidente da Síria, Bashar al Assad, afirmou que o fortalecimento da presença da Rússia no Mediterrâneo Oriental leva maior estabilidade à região, em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal governamental russo "Rossiyskaya Gazeta".


"A presença russa em diversas regiões do mundo, incluindo o Mediterrâneo Oriental, no porto sírio de Tartus, é imprescindível para manter o equilíbrio que se perdeu há mais de 20 anos com o desaparecimento da União Soviética", declarou o líder sírio.


Assad acrescentou que o governo de Damasco se congratula pela ampliação da presença russa no Mediterrâneo Oriental, em particular no litoral e nos portos.


"Consideramos que quanto mais se fortaleça a presença da Rússia em nossa região, esta ganha em estabilidade, porque Moscou desempenha um papel muito importante no fortalecimento da estabilidade no mundo todo", disse Assad.


A Rússia mantém em Tartus um posto de abastecimento e manutenção técnica para seus navios de guerra que navegam pelo Mediterrâneo e que, segundo o presidente sírio, poderia se transformar em uma base naval.


Assad comentou ainda que vê certa vinculação entre a crise síria e a que se desenvolve na Ucrânia.


"Em primeiro lugar porque os dois países são importantes para a Rússia e, em segundo, porque em um e outro caso o objetivo é debilitar a Rússia e criar Estados marionetes", explicou. EFE



LEIA MAIS ...



Voos em aeroportos sauditas próximos ao Iêmen são retomados

Voos em aeroportos sauditas próximos ao Iêmen são retomados

Riad, 27 mar (EFE).- A Autoridade de Aviação Civil da Arábia Saudita anunciou nesta sexta-feira o reatamento gradual dos voos internacionais e domésticos nos aeroportos do sul do país, que foram suspensos ontem devido ao conflito no vizinho Iêmen.


Segundo um comunicado divulgado pela agência oficial "Spa", esta Autoridade se coordenou com os órgãos de segurança para reabrir ao tráfego aéreo esses seis aeroportos meridionais a partir de hoje.


As companhias aéreas que operam nestes aeroportos, situados em áreas próximas ao Iêmen, começaram a comunicar-se com os passageiros afetados para informar-lhes da nova medida.


A Autoridade da Aviação Civil saudita suspendeu ontem de forma temporária os voos domésticos e internacionais por motivos de segurança no aeroporto rei Abdullah, na região de Yazan, limítrofe com o Iêmen, e nos das províncias meridionais de Baha, Wadi al Dawaser, Bisha, Sharura e Nayran.


Esta medida foi adotada horas depois que aviões sauditas começaram a bombardear posições do movimento xiita dos houthis no Iêmen, em respaldo a um pedido do presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi. EFE



LEIA MAIS ...



Companhias aéreas alemãs estabelecerão regra de 2 pessoas na cabine

Companhias aéreas alemãs estabelecerão regra de 2 pessoas na cabine

Berlim, 27 mar (EFE).- As grandes companhias aéreas alemãs se propõem a estabelecer a norma que sempre haja duas pessoas na cabine de pilotagem, após a tragédia do Airbus de Germanwings, provocada depois que o copiloto se trancou nela e aparentemente jogou o avião de forma proposital contra os Alpes franceses.


Segundo informações da Federação de Tráfego Aéreo, se estuda a adoção desta norma de forma praticamente imediata, o que implicaria em que, caso o capitão ou seu copiloto deixem a cabine de comando, deveria entrar em seu lugar um dos auxiliares de voo.


Esta norma já é aplicada de forma regular em voos intercontinentais ou em outras regiões do mundo, mas não de forma generalizada no espaço aéreo europeu.


Ontem mesmo, várias companhias aéreas, como as de baixo custo Easyjet e Norwegian Air, que realizam voos entre Espanha e Alemanha, como a Germanwings, se mostraram dispostas a aplicar a medida das duas pessoas na cabine de comando.


Por parte da Lufthansa, a matriz da Germanwings, seu presidente, Carsten Spohr, declarou em uma entrevista à emissora pública "ARD" que sua companhia "analisará" qualquer medida que "contribua para melhorar a segurança de seus voos".


Spohr insistiu em qualificar o incidente como um "caso isolado e extremo" entre o conjunto de seus pilotos, cuja formação é considerada uma das mais rigorosas do mundo. EFE



LEIA MAIS ...



Bashar al Assad se mostra "aberto" a diálogo com Estados Unidos

Bashar al Assad se mostra "aberto" a diálogo com Estados Unidos

Redação Central, 27 mar (EFE).- O presidente da Síria, Bashar al Assad, se mostrou "aberto" ao diálogo com os Estados Unidos, sempre que se baseie no "respeito mútuo", em entrevista divulgada nesta sexta-feira pela emissora americana "CBS".


"Na Síria podemos dizer que o diálogo é algo positivo e estamos abertos a qualquer diálogo com qualquer um, incluindo os EUA, sempre que se baseie no respeito mútuo", disse Assad, segundo alguns trechos divulgados pela emissora, que transmitirá a entrevista completa no próximo domingo em seu programa "60 minutes".


O presidente sírio explicou que atualmente não há comunicação direta entre seu governo e o dos EUA, antes de insistir que "qualquer diálogo é positivo (...) sem pressões sobre a soberania da Síria".


Suas declarações acontecem dias depois que o secretário de Estado americano, John Kerry, admitiu que seu governo teria que acabar negociando com o regime de Damasco uma saída pactuada ao conflito que assola a Síria.


"No final teremos que negociar", comentou Kerry no domingo passado em uma entrevista à "CBS" no Egito.


"Eu diria que o que temos na Síria até o momento é só uma declaração, nada concreto, não uma nova realidade sobre o enfoque político dos EUA sobre nossa situação, nosso problema, nosso conflito na Síria", disse Assad a respeito das palavras de Kerry.


As declarações do chefe da diplomacia dos EUA alarmaram a oposição síria, que rejeita taxativamente que Assad faça parte do futuro do país e insiste que o presidente seja derrubado para que possa haver uma transição rumo à democracia no país.


A Síria é cenário de um conflito há quatro anos, que deixou 220 mil mortos e mais de quatro milhões de refugiados, segundo a ONU. EFE



LEIA MAIS ...



Índia quer transformar viagem de trem em "experiência feliz"

Índia quer transformar viagem de trem em "experiência feliz"

Moncho Torres.


Nova Délhi, 27 mar (EFE).- O governo indiano anunciou um investimento recorde em transporte a fim de tornar a viagem de trem uma "experiência feliz" e acabar com a falta de segurança, com os atrasos e com os vagões sujos e lotados que atualmente caracterizam o transporte no país.


Ao apresentar sua proposta de orçamento para o próximo ano fiscal para o parlamento há algumas semanas, o ministro de Ferrovias indiano, Suresh Prabhu, afirmou que os esforços estão sendo concentrados em "transformar a viagem de trem na Índia em uma experiência feliz".


O investimento chegará ao equivalente a cerca de R$ 56 milhões em 2014, 52% a mais do que em 2014. E a quase R$ 434 milhões nos próximos cinco anos: um valor recorde.


O ministro também foi claro ao afirmar que com essas melhorias pretende beneficiar principalmente os "pobres" e o "homem comum", trazendo "limpeza, conforto, acessibilidade, qualidade de serviço e velocidade".


Dados oficiais indicam que há cerca de 270 milhões de pessoas pobres na Índia, que possui 857 milhões de habitantes. No entanto, há fortes críticas a estes valores e algumas ONGs afirmam que este número gira em torno de 400 milhões.


Em entrevista à Agência Efe, o passageiro Rakesh Kumar, de 55 anos, que costuma viajar de terceira classe no trem Mumbai-Punjab, no conhecido como "vagão geral", afirmou que os principais problemas do transporte são a falta de segurança, o estado dos banheiros e a limpeza, de uma forma geral.


"A limpeza não é boa. Os lavabos não funcionam e há lixo em toda parte. Ninguém vem limpar. Também não há policiais para cuidar da segurança. Mesmo diante de roubos e furtos, nunca vem ninguém", declarou Kumar, que estava bem barbeado e vestido com uma camisa branca, disposto a compartilhar sua experiência.


Pouco antes, na estação de Faridabad, cidade próxima à Nova Délhi, centenas de pessoas tentaram embarcar nos vagões da terceira classe com malas e sacos de arroz.


Mesmo depois de o trem começar a andar, houve quem continuasse tentando entrar, correndo e tentando subir em algum vagão no qual houvesse o mínimo de espaço. Os que conseguiram ficaram o resto da viagem com o corpo projetado para o lado de fora do trem.


Muitas pessoas viajam entusiasmadas, como, por exemplo, um homem e um grupo de mulheres que passaram todo o tempo que estiveram no trem cantando e batendo palmas. Uma dessas mulheres, Sarita Singla, de 48 anos, disse à Efe que o que mais a incomoda é quando os ventiladores não funcionam no verão, quando os termômetros chegam a marcar 50 graus.


Mas, nesta época do ano, quando normalmente chove e faz frio, alguns passageiros usam os ventiladores para aparar seus calçados enquanto descansam nos beliches.


Singla disse ainda que os banheiros também desagradam, pois "estão sempre molhados" e afirmou que "seria ótimo se os melhorassem".


Os banheiros dos vagões, assim como o da estação de Faridabad exalam um cheiro horrível e os lavabos estão completamente inutilizados, cheios de resto de comida, lixo e cuspes alaranjados de "paan", o fumo de mascar.


"As pessoas sujam, cospem e jogam lixo no chão. Se continuar assim o governo não pode ajudar em nada. A limpeza acontece apenas pela manhã e a tarde. (...) O povo se comporta mal e depois se queixa do governo", declarou Chander Mohan, um passageiro de 50 anos.


Em um discurso televisionado, o ministro Prabhu pediu que a população conserve os trens: "As ferrovias da Índia são a moradia ambulante de vocês. Por favor, mantenham-na limpa".


Além de contar com a colaboração dos usuários da rede de transporte, o ministério pretende contratar empresas de limpeza, prover mais lixeiras e banheiros, aumentar o número de vagões e de vias, para evitar lotações e os atrasos, e também reformar as estações.


No entanto, ao desembarcar em Nova Délhi, a estação nos devolve, com sua sujeira e deterioração, a uma realidade completamente diferente, onde diversas crianças trabalham catando lixo entre os trilhos. EFE



LEIA MAIS ...



EFE BRASIL - 27 MAR 2015

EFE BRASIL - 27 MAR 2015

A Agência Efe enviará nos próximos instantes a seguinte crônica:.


None


ÍNDIA TRANSPORTE - Nova Délhi - O governo indiano anunciou um investimento recorde em transporte a fim de tornar a viagem de trem uma "experiência feliz" e acabar com a falta de segurança, com os atrasos e com os vagões sujos e lotados que atualmente caracterizam o transporte no país. Por Moncho Torres. EFE



LEIA MAIS ...



"Tudo aponta para um gesto louco do copiloto", diz primeiro-ministro francês

"Tudo aponta para um gesto louco do copiloto", diz primeiro-ministro francês

Paris, 27 mar (EFE).- O primeiro-ministro da França, Manuel Valls, afirmou nesta sexta-feira que os primeiros dados da investigação fazem pensar que a causa da queda do avião da Germanwings está no comportamento "louco e incompreensível" do copiloto.


"É preciso esperar o final da investigação, embora ontem o procurador tenha dado elementos suficientes para que possamos pensar que esse gesto louco, incompreensível, horrível, esteja na origem do choque", declarou Valls em entrevista concedida à emissora "iTélé".


Após a análise da gravação sonora extraída de uma caixa-preta, a procuradoria de Marselha revelou ontem que o copiloto provocou o acidente de forma aparentemente proposital, depois que o comandante se ausentou da cabine.


O jovem, um alemão de 27 anos identificado como Andreas Lubitz, acionou o sistema de descenso, bloqueou a porta e não respondeu aos reiterados chamados do comandante e da torre de controle.


"Tudo aponta para esse gesto inclassificável, criminoso, louco, suicida. Como imaginar que um piloto em quem se tem toda a confiança (...) jogaria o avião contra a montanha após ter fechado a porta e impedindo a entrada do comandante?", lamentou Valls.


Lubitz trabalhava para a companhia aérea de baixo custo Germanwings, e, segundo o primeiro-ministro, corresponde a sua empresa matriz, a Lufthansa, apresentar a informação sobre a trajetória e o perfil psicológico deste copiloto, que acumulava uma experiência de 630 horas de voo. EFE



LEIA MAIS ...



Bolsa de Madri abre em alta de 0,14%

Bolsa de Madri abre em alta de 0,14%

Madri, 27 mar (EFE).- O principal indicador da Bolsa de Valores de Madri, o IBEX 35, abriu nesta sexta-feira em alta de 0,14%, aos 11.470 pontos. EFE



LEIA MAIS ...



Bolsa de Frankfurt abre em alta de 0,8%

Bolsa de Frankfurt abre em alta de 0,8%

Berlim, 27 mar (EFE).- O índice de referência da Bolsa de Frankfurt, o DAX 30, abriu nesta sexta-feira em alta de 0,8%, aos 11.924 pontos. EFE



LEIA MAIS ...



Bolsa de Londres abre em alta de 0,2%

Bolsa de Londres abre em alta de 0,2%

Londres, 27 mar (EFE).- O índice principal da Bolsa de Valores de Londres, o FTSE-100, abriu nesta sexta-feira em alta de 0,2%, aos 6.909,15 pontos. EFE



LEIA MAIS ...



Bolsa de Milão abre em baixa de 0,37%

Bolsa de Milão abre em baixa de 0,37%

Roma, 27 mar (EFE).- O índice seletivo da Bolsa de Milão, FTSE MIB, abriu nesta sexta-feira em baixa de 0,37%, aos 22.984,29 pontos.


Já o índice geral, FTSE Italia All-Share, também operava em queda, de 0,33%, aos 24.552,28. EFE



LEIA MAIS ...



Bolsa de Paris abre em alta de 0,13%

Bolsa de Paris abre em alta de 0,13%

Paris, 27 mar (EFE).- O índice geral da Bolsa de Valores de Paris, o CAC-40, abriu nesta sexta-feira em alta de 0,13%, aos 5.013,08 pontos. EFE



LEIA MAIS ...



Novos bombardeios da coalizão atingem posições dos houthis em Sana e Saada

Novos bombardeios da coalizão atingem posições dos houthis em Sana e Saada

Sana, 27 mar (EFE).- A coalizão liderada pela Arábia Saudita efetuou nesta sexta-feira outras cinco incursões aéreas contra posições do movimento iemenita dos houthis na capital Sana e na província setentrional de Saada, bastião dos rebeldes.


Segundo pôde constatar a Agência Efe, os bombardeios em Sana e seus arredores tiveram como principais alvos os quartéis das forças de reservistas, antiga Guarda Republicana, leais aos houthis.


Também foi bombardeado o complexo presidencial, em poder do grupo rebelde xiita, que já havia sofrido com o impacto dos bombardeios na quinta-feira.


O sul da capital foi alvo de outro ataque aéreo, lançado contra a área de Sanaa, próxima ao bairro de Hada, onde se encontra a maioria das embaixadas.


Em Saada, que está sob o controle dos houthis desde 2010, os aviões bombardearam o mercado da cidade de Qutaf al Boqa, perto da fronteira com a Arábia Saudita.


Testemunhas explicaram à Efe que o ataque deixou vítimas civis, mas não puderam precisar um número.


A Arábia Saudita, à frente de uma coalizão de dez países (Kuwait, Catar, Emirados, Bahrein, Egito, Jordânia, Marrocos, Sudão e Paquistão) lançou na quinta-feira uma ofensiva com o objetivo de conter o avanço das milícias xiitas, que cercavam o presidente do Iêmen, Abdo Rabbo Mansour Hadi, na cidade de Áden.


O porta-voz da operação militar, o general saudita Ahmed al Asiri, assegurou ontem que não planeja uma operação terrestre no Iêmen, mas não descartou essa opção "em caso de necessidade".


O comandante acrescentou que os bombardeios se dirigem principalmente contra as bases militares aéreas e as posições das baterias antiaéreas em poder dos rebeldes houthis, que contam com o respaldo do Irã. EFE



LEIA MAIS ...



Cresce o número de imigrantes ilegais com trabalhos qualificados nos EUA

Cresce o número de imigrantes ilegais com trabalhos qualificados nos EUA

Washington, 26 mar (EFE).- A força de trabalho imigrante não autorizada nos Estados Unidos aumentou no setor de mão de obra qualificada e de gestão em 180.000 postos entre 2007 e 2012, enquanto nas áreas de construção ou produção se reduziu em 475.000, segundo um relatório do Pew Center Research.


Embora o número global não tenha mudado substancialmente nessa meia década, a participação dos trabalhadores imigrantes não autorizados em trabalhos qualificados e de gestão cresceu até 13% em 2012, a partir do 10% registrado em 2007, assinala o estudo divulgado nesta quinta-feira.


Por outro lado, a participação nos trabalhos de construção ou de produção se reduziu para 29%, contra 34% contabilizado cinco anos antes.


Apesar destas mudanças, os trabalhadores imigrantes não autorizados se concentram em empregos de baixa qualificação, em muita maior medida que os trabalhadores nascidos nos Estados Unidos, de acordo com as novas estimativas do estudo, baseadas em dados governamentais.


Em 2012, 62% da mão-de-obra não autorizada se dedicou a trabalhos nos setores de serviços, construção e produção, o dobro da proporção dos trabalhadores nascidos nos Estados Unidos que atuavam nas mesmas áreas.


Este dado contrasta com o 13% da força de trabalho de imigrantes não autorizados dedicados a empregos de gestão e maior qualificação, que é menos da metade de 36% dos trabalhadores nascidos nos Estados Unidos que se encontram nessas ocupações.


Os imigrantes não autorizados representavam 5,1% da força de trabalho do país em 2012, o que equivale a 8,1 milhões de pessoas que estavam trabalhando ou buscando trabalho, de acordo com os dados apresentados no estudo do Pew Research.


No entanto, este número representa uma proporção muito maior do total de trabalhadores em postos de trabalho específicos, especialmente na agricultura (26%), limpeza e manutenção (17%) e construção (14%).


O estudo indica, além disso, que em 39 dos 50 estados, mais o Distrito de Columbia, a maioria dos trabalhadores imigrantes não autorizados se encontra em ocupações de serviços como o emprego doméstico, cozinha ou segurança em imóveis.


Além disso, o Pew Research aponta que a construção e as manufaturas também têm um alto índice de imigrantes não autorizados trabalhando, embora esteja na agricultura a maior porcentagem de trabalhadores estrangeiros sem regulação.


Os imigrantes não autorizados constituem uma proporção maior dentro da força de trabalho que na população total, devido, segundo aponta o texto, a que sua idade costuma estar na categoria laboral, e há menos possibilidades que sejam muito jovens ou muito idosos.


Em 2012, os imigrantes não autorizados eram 3,5% da população do país e 26% de todos os imigrantes. EFE



LEIA MAIS ...



Barril do Brent abre em baixa em Londres

Barril do Brent abre em baixa em Londres

Londres, 27 mar (EFE).- O barril de petróleo Brent para entrega em maio iniciou o pregão desta sexta-feira em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, cotado a US$ 58,38, uma variação negativa de 1,3% em relação ao fechamento de ontem. EFE



LEIA MAIS ...



Euro abre em alta em Frankfurt

Euro abre em alta em Frankfurt

Berlim, 27 mar (EFE).- O euro abriu em alta nesta sexta-feira no mercado de divisas de Frankfurt, cotado a US$ 1,0872, frente aos US$ 1,0863 do fechamento de ontem.


O Banco Central Europeu (BCE) fixou o câmbio oficial do euro em US$ 1,0973. EFE



LEIA MAIS ...



França se prepara para iniciar novo rastreamento dos destroços do A320

França se prepara para iniciar novo rastreamento dos destroços do A320

Seyne-les-Alpes (França), 27 mar (EFE).- Tudo está pronto para que nesta sexta-feira comece o quarto dia de rastreamento da área dos Alpes franceses onde permanecem os destroços do avião A320 de Germanwings que caiu na terça-feira passada quando fazia o trajeto entre Barcelona e Düsseldorf.


As autoridades francesas voltarão a utilizar os helicópteros da base de Seyne-les-Alpes para chegar à escarpada montanha aonde a aeronave caiu, provocando a morte de seus 150 ocupantes.


A prioridade será buscar a segunda caixa-preta, para poder avançar na investigação, depois que a primeira, achada poucas horas depois da catástrofe, revelou que o copiloto pode ter causado o acidente de forma proposital.


Os especialistas e legistas seguirão recuperando da montanha os restos mortais dos ocupantes, que estão sendo transferidos até um centro de campanha montado em Seyne-les-Alpes para sua identificação.


Nesse sentido, as autoridades francesas pegaram amostras de DNA dos familiares das vítimas que chegaram ontem aos Alpes.


O porta-voz do Ministério do Interior, Pierre-Henri Brandet, assegurou que a repatriação dos corpos a seus países, essencialmente à Alemanha e Espanha, de onde procedia a maior parte dos passageiros, não será feita até que se tenham recolhido todos os restos e tenham sido realizadas todas as identificações. EFE



LEIA MAIS ...



Colisão entre 2 trens de passageiros deixa 50 feridos na Tailândia

Colisão entre 2 trens de passageiros deixa 50 feridos na Tailândia

(Atualiza o número de feridos e acrescenta dados).


Bangcoc, 27 mar (EFE).- Pelo menos 50 pessoas ficaram feridas, duas delas com gravidade, no choque de dois trens de passageiros no final da noite de ontem na província de Ayutthaya, ao norte de Bangcoc, informaram nesta sexta-feira (data local) as autoridades tailandesas.


Um dos motoristas e um mecânico estão em estado crítico, enquanto a maior parte dos feridos deixou o centro hospitalar na primeira de hoje, uma vez que seus ferimentos eram leves, declarou o porta-voz da polícia, Nateepat Thammaratsophon, segundo o jornal "Bangcoc Post".


A companhia estatal de trens indicou em comunicado que a possível causa do fato pode ser a condução temerária de um dos motoristas.


Um trem em movimento, com direção a Bangcoc, bateu na parte traseira de outro trem estacionado.


O acidente fez descarrilar e capotar seis vagões de passageiros, entre os quais se encontravam um cidadão americano e um sul-coreano.


A deficiente manutenção dos carris e a antiguidade das locomotivas são algumas das razões pelas quais a atual junta militar que governa Tailândia desde maio de 2014 anunciou que planeja a modernização do transporte ferroviário nacional. EFE



LEIA MAIS ...



Tumulto em festival hindu deixa pelo menos 10 mortos em Bangladesh

Tumulto em festival hindu deixa pelo menos 10 mortos em Bangladesh

Daca, 27 mar (EFE).- Pelo menos dez pessoas morreram e várias outras ficaram feridas em um princípio de tumulto ocorrido nesta sexta-feira em um festival hindu na cidade de Narayanganj, no centro de Bangladesh.


A "avalanche humana" aconteceu de manhã nesta cidade, vizinha à capital Daca, onde 100.000 devotos hindus tinham se congregado para realizar um ritual, explicou o superintendente da polícia de Nayaranganj, Dhirem Mohatpatru.


A fonte acrescentou que todas as vítimas são pessoas adultas, entre as quais figuram sete mulheres e três homens, e que a correria se originou em um trecho de uma pequena estrada que se colapsou de pessoas.


Segundo o portal digital "Bdnews24", o festival hindu de Nayaranganj acolhe, além de aldeões, fiéis hindus de países próximos a Bangladesh como Nepal e a Índia, que chegam até ali para tomar um banho purificador em escalinatas conhecidas como Raj Ghat junto ao rio Brahmaputra.


Esses tipos de incidente são frequentes em Bangladesh e no sul da Ásia em geral, sobretudo nas maciças congregações humanas que se produzem por ocasião de festividades religiosas.


Com 160 milhões de habitantes e um território de 147 mil quilômetros quadrados, Bangladesh é um dos países com maior densidade demográfica do planeta. EFE



LEIA MAIS ...



Explosão seguida de incêndio destrói prédio em Nova York e deixa 19 feridos

Explosão seguida de incêndio destrói prédio em Nova York e deixa 19 feridos

(Atualiza com nova informação sobre os feridos).


Nova York, 26 mar (EFE).- Uma explosão devido a um vazamento de gás, seguida de um incêndio de grandes proporções, causou o desabamento de um edifício em Nova York nesta quinta-feira, deixando pelo menos 19 feridos, quatro deles em estado grave, segundo dados preliminares divulgados pelas autoridades locais.


Quatro dos feridos são bombeiros e foram transferidos a vários hospitais com ferimentos leves, enquanto outros três, incluindo um trabalhador da área de saúde, disseram não necessitar de atendimento médico no local do incidente, de acordo com a última informação proporcionada pelo Departamento de Bombeiros.


O acidente foi registrado no bairro de East Village e causado por obras que estavam sendo realizadas no encanamento do prédio. O serviço acabou atingindo um dos canos, o que gerou o vazamento.


Essa é a conclusão divulgada pelo prefeito de Nova York, Bill de Blasio, em entrevista coletiva no local do acidente. No entanto, ele insistiu que tanto o número total de vítimas como as causas da explosão são preliminares.


Segundo o prefeito, uma equipe da companhia de gás e eletricidade que abastece Nova York esteve no edifício uma hora antes do incidente para corrigir uma série trabalhos feitos anteriormente no local.


A explosão foi seguida de um incêndio que abalou a estrutura de um dos edifícios e gerou sérios danos a outro prédio vizinho. O fogo também atingiu dois imóveis próximos, todos eles com cinco andares.


"Escutei uma explosão e parecia um caminhão caindo do céu. Havia muita fumaça. Uma mulher estava na escada de incêndio esperando o fogo ser apagado para pular", disse à Agência Efe Michael Cummings, morador de East Village.


O incidente atraiu um grande número de curiosos ao local. Eles tentavam captar imagens com seus celulares, apesar de a polícia impedir o acesso às ruas próximas aos edifícios atingidos.


Muitos precisaram usar máscaras por causa da fumaça preta que se espalhou pela região. Alguns moradores, inclusive, foram evacuados. Outros não puderam entrar em suas casas.


"Nunca tinha escutado um som tão alto, achei que era uma bomba. O incêndio começou no edifício do meio, o do restaurante japonês. De repente, o fogo se espalhou e a frente do prédio caiu inteiro", disse à Efe Carlos Sosa, testemunha do acidente, lembrando que a força da explosão jogou dois homens para o outro lado da rua.


"Tudo ficou escuro e havia gente gritando, pessoas no chão, como se o mundo tivesse acabando. O fogo passou para os prédios do lado e meia hora depois o do meio caiu", acrescentou.


O prefeito de Nova York estava acompanhado pelo chefe dos bombeiros da cidade, Daniel Nigro, que garantiu que o incêndio está controlado. No entanto, ressaltou que esta será "uma longa noite" até que seus homens consigam estabilizar a situação e comecem a investigar o acidente.


Nigro também revelou que dois dos feridos em estado grave tinham queimaduras nas vias respiratórias.


Por sua vez, o chefe do serviço de emergência de Nova York, Joseph Esposito, informou que uma escola próxima ao local da explosão está sendo usada para alojar os moradores dos imóveis afetados.


A explosão de hoje acontece poucos dias depois que sete crianças de entre cinco e 15 anos, membros de uma família de judeus ortodoxos, morreram em um incêndio em uma casa no bairro de Brooklyn. EFE


ag/rsd



LEIA MAIS ...



Pais de estudantes desaparecidos no México exigem cancelamento das eleições

Pais de estudantes desaparecidos no México exigem cancelamento das eleições

Cidade do México, 26 mar (EFE).- Os familiares dos 43 estudantes desaparecidos no México advertiram nesta quinta-feira, quando se completam seis meses do incidente, que não permitirão a realização das eleições no estado de Guerrero, enquanto a procuradoria defendeu sua "investigação transparente" do caso.


Os pais dos desaparecidos lideraram diversos atos de protesto, incluindo um comício na sede do Instituto Nacional Eleitoral (INE) na Cidade do México, onde uma delegação de familiares se reuniu com membros do conselho geral do organismo.


No encontro, os pais dos alunos da Escola Normal Rural de Ayotzinapa entregaram um documento em que expõem uma série de "pedidos que não se resumem somente a não realização de eleições" no estado sulista, disse à Agência Efe um porta-voz do INE.


Os parentes apresentaram propostas como eleições por usos e costumes, uma figura incluída na legislação mexicana para as regiões indígenas e que prevê a votação por mão alçada.


Além disso, propuseram "governos populares", segundo o porta-voz, que disse que os conselheiros eleitorais "reconheceram a vontade de diálogo dos pais e do movimento", assim como sua reivindicação por justiça e castigo para os responsáveis do desaparecimento.


Os conselheiros afirmaram "que analisariam os pedidos" para "dar uma resposta por escrito mais adiante", acrescentou o porta-voz, sem detalhar a data.


O advogado Isidoro Vicario, do centro de direitos humanos Tlachinollan, que apoia os pais, lembrou que as autoridades do município de Iguala, em Guerrero, estiveram envolvidas no desaparecimento dos 43 jovens.


Na noite de 26 de setembro de 2014 policiais de Iguala detiveram os estudantes e os entregaram a membros do cartel Guerreros Unidos, que os assassinaram e incineraram seus restos em um depósito de lixo no município vizinho de Cocula, de acordo com a investigação oficial.


O então prefeito de Iguala, José Luis Abarca, do esquerdista Partido da Revolução Democrática (PRD), foi detido em novembro do ano passado e está submetido a processo penal como suposto autor intelectual da agressão aos jovens.


Vicario declarou à imprensa que o texto entregue ao INE pretende "expor" por que não há condições para que as autoridades de Guerrero sejam eleitas da maneira convencional.


No próximo dia 7 de junho mais de 83 milhões de mexicanos estão convocados às urnas para escolher 1.996 cargos, incluindo 500 deputados federais e os governadores de nove estados, entre eles Guerrero.


Os pais dos jovens não acreditam na versão da procuradoria sobre o caso e exigem a busca dos estudantes com vida, assim como a abertura de uma linha de investigação sobre o papel das forças federais nos incidentes de Iguala, nos quais também morreram seis pessoas e 25 mais ficaram feridas.


"Foram seis meses de dor e movimento, seis meses sem encontrar nossos filhos; não é nada simples", declarou Melitón Ortega, porta-voz dos pais, perante uma centena de manifestantes concentrados nas instalações do INE.


Os familiares lideraram mais tarde uma manifestação na qual milhares de mexicanos marcharam desde o Ángel de la Independencia, símbolo da Cidade do México, até o Monumento da Revolução para lembrar os desaparecidos e exigir justiça.


Por sua vez, a Procuradoria Geral da República reiterou hoje que "realizou uma investigação transparente, exaustiva e apegada ao direito" sobre o desaparecimento.


A procuradoria destacou que até agora deteve 104 pessoas, 48 delas policiais de Iguala, 16 agentes municipais de Cocula e 40 membros do cartel de Guerreros Unidos, e ainda tem que cumprir nove ordens de apreensão.


"A seis meses deste lamentável incidente, as instituições do governo da República não cessaram em seu compromisso para deter o resto dos prováveis responsáveis destes fatos e colocá-los à disposição da justiça", ressaltou. EFE


msc/rsd



LEIA MAIS ...



Explosão em edifício de NY deixa pelo menos dois feridos gravemente

fonte: EFE Explosão em edifício de NY deixa pelo menos dois feridos gravemente Explosão em edifício de NY deixa pelo menos dois feridos gravemente


LEIA MAIS ...



Câmara deve discutir reforma política em maio, diz Eduardo Cunha

fonte: Antonio Cruz/Agência Brasil Câmara deve discutir reforma política em maio, diz Eduardo Cunha Câmara deve discutir reforma política em maio, diz Eduardo Cunha

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta quinta-feira (26), em São Paulo, que o debate sobre reforma política deve ser feito, pela Casa, no mês de maio.


“Vamos fazer uma semana, que será em maio, para votarmos única e exclusivamente tudo o que tivermos que votar em matéria de reforma política”, disse ele durante o lançamento da campanha "Mais mulheres na política", na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na capital paulista.


Segundo ele, na semana agendada serão votadas questões envolvendo a legislação eleitoral, por exemplo. “De lá sairão algumas alterações, certamente, na legislação eleitoral e na Constituição Federal, que tratam sobre o tema reforma política”, disse ele, ressaltando que as alterações já deverão valer para as próximas eleições, em 2016.


Eduardo Cunha enfatizou que serão discutidos sistema de eleição, financiamento de campanha, coincidência ou não de mandatos, se teremos ou não reeleição, como se darão as campanhas e os tempos de campanhas, e "tudo isso estará esclarecido para que, pelo menos, possam valer na eleição de 2016. Para isso, terá que ser tudo votado, promulgado, pelo menos em torno de 30 de setembro, ou sancionado, o que for por lei ordinária, até 30 de setembro deste ano”, explicou.



LEIA MAIS ...



Governo não tem projeto pronto de regulação da mídia, garante Berzoini

fonte: DANIEL DE CERQUEIRA/O TEMPO/AE Governo não tem projeto pronto de regulação da mídia, garante Berzoini Governo não tem projeto pronto de regulação da mídia, garante Berzoini

O ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, garantiu hoje (26), na Câmara dos Deputados, que o governo não tem um projeto pronto de regulação da mídia. Ele negou que haja intenção de controle dos meios de comunicação. Em comissão geral da Câmara, ele ressaltou que o governo pretende abrir amplo debate sobre o tema, e entende que ele é polêmico. Por isso, precisa ser tratado da forma mais transparente e debatido com todos os segmentos da sociedade.


“O governo tem consciência que o tema é muito polêmico e  tem que ser tratado com a mais ampla abertura ao diálogo. E estar aberto ao diálogo pressupõe não apresentar uma proposta antes de ouvir a sociedade. Então, ouvir a sociedade, ouvir os interessados, os operadores do setor, aqueles que têm atividades comerciais, aqueles que têm elaborações acadêmicas, para que possamos formar uma opinião de um governo que é multipartidário”, disse o ministro à imprensa após exposição aos deputados.


O ministro Berzoini disse que ministros do governo Fernando Henrique Cardoso elaboraram um anteprojeto de regulação das telecomunicações de massa que, hoje, seria criticado. Segundo o ministro, o governo não vai apresentar nenhuma proposta sobre o tema neste momento. “Vamos abrir um debate”, disse. Ele informou que o objetivo é construir entendimentos que sejam úteis à sociedade brasileira.


Ao falar das prioridades de seu ministério, Ricardo Berzoini informou que criou um grupo de trabalho para estudar a possível desburocratização do processo de outorga e renovação de concessões de rádio e televisão. Ele destacou que “algumas etapas precisam ser simplificadas, e vamos dialogar com os parlamentares para isso”. O ministro também disse que um dos desafios de sua pasta é o cumprimento do calendário da TV Digital, sem prejudicar a população.


De acordo com Berzoini, o Brasil precisa planejar sua infraestrutura de comunicações para garantir serviços de qualidade e acessíveis. “Falar de comunicação hoje é falar da vida cotidiana de cada um de nós, e as comunicações no Brasil têm de ser vistas a partir dessa lógica”, afirmou.


O ministro compareceu à Câmara atendendo convite aprovado pelos deputados para que todos os ministros do governo compareçam à Casa Legislativa para falar de suas pastas. A proposta de convite aos ministros foi apresentada pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e aprovada pelo plenário da Casa.



LEIA MAIS ...



Juiz concede dez dias para empreiteira apresentar contrato com empresa de Dirceu

fonte: Pedro Ladeira/Folhapress Juiz concede dez dias para empreiteira apresentar contrato com empresa de Dirceu Juiz concede dez dias para empreiteira apresentar contrato com empresa de Dirceu

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela investigação da Operação Lava Jato na primeira instância, concedeu prazo de dez dias para que a empreiteira Camargo Corrêa apresente os contratos de consultoria com a empresa JD Assessoria, do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. A Justiça pretende comprovar se os serviços foram prestados pela empresa de Dirceu.


Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a empresa de Dirceu recebeu "valores expressivos" de empreiteiras investigadas na operação. A pedido do MPF, a Justiça Federal em Curitiba quebrou o sigilo bancário e fiscal da JD Assessoria e pessoal de Dirceu e Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, irmão e sócio do ex-ministro.


Em janeiro, quando a quebra foi decretada, a assessoria de Dirceu disse que os contratos com empreiteiras foram assinados para assessorá-las em negócios fora do país. A JD também disse que enviou ao juiz Sérgio Moro a declaração de renda apresentada à Receita Federal, com detalhamento sobre impostos recolhidos e despesas operacionais.



LEIA MAIS ...



Coreia do Norte detém 2 supostos espiões sul-coreanos

Coreia do Norte detém 2 supostos espiões sul-coreanos

Seul, 27 mar (EFE).- A Coreia do Norte anunciou nesta sexta-feira a detenção de dois sul-coreanos acusados de serem "espiões" e "terroristas" dos serviços de inteligência de Seul que recopilavam informação confidencial e realizavam atividades para "desestabilizar" o país.


O regime comunista apresentou os dois detidos, identificados como Kim Kuk-gi e Choe Chun-gil, em entrevista coletiva em Pyongyang, na qual enumerou seus "crimes" para "prejudicar a liderança suprema" da Coreia do Norte, informou a agência estatal "KCNA".


Ambos "foram descobertos e detidos enquanto realizam trabalhos de espionagem contra a RPDC (Coreia do Norte), manipulados pelos Estados Unidos e pela Coreia do Sul", relatou a agência em comunicado.


A Coreia do Norte acusa ambos de recopilar informação confidencial sobre o Estado, o Partido dos Trabalhadores e o Exército Popular para os Serviços de Inteligência de Seul (NIS) em troca de "dezenas de milhares de dólares", além de realizar diversas atividades para "desestabilizar" o regime de Kim Jong-un.


Concretamente, a KCNA assegura que Kim Kuk-gi, de 60 anos, proporcionou ao NIS informação secreta sobre uma viagem do falecido líder Kim Jong-il em 2009 e criou uma rede de espionagem com base na cidade fronteiriça chinesa de Dandong.


Além disso, lhe acusa de "delitos graves" como "a criação e distribuição de exemplares de literatura", entre eles discos compactos e cartões SD que difamam os líderes da dinastia Kim, assim como "propaganda religiosa com o propósito de desestabilizar e derrubar a RPDC".


Por sua vez, Choe Chun-gil, de 55 anos, é acusado de recopilar informação militar confidencial para entregá-las às autoridades sul-coreanas, além de outros delitos como introduzir pornografia no país ou tentar construir uma igreja protestante clandestina.


O governo da Coreia do Sul não se pronunciou por enquanto sobre a detenção dos supostos espiões por parte da Coreia do Norte.


"Estamos tentando verificar a identidade destas duas pessoas, por enquanto não sabemos nada", comentou à Agência Efe uma representante do Ministério da Unificação de Seul. EFE



LEIA MAIS ...



Decisão sobre indexador de dívida cabe ao Congresso, dizem Renan e Cunha

fonte: Montagem com Pedro Ladeira/Folhapress e Antonio Cruz/Agência Brasil Decisão sobre indexador de dívida cabe ao Congresso, dizem Renan e Cunha Decisão sobre indexador de dívida cabe ao Congresso, dizem Renan e Cunha

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) disseram hoje (26), em São Paulo, que o governo deve cumprir o que foi definido pelo Congresso Nacional sobre o indexador de correção da dívida dos estados e municípios. Segundo eles, o Congresso terá a palavra final sobre a questão.


Cunha e Renan contestaram o entendimento feito ontem (25) pelo advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, de que o momento de definição sobre o indexador de correção da dívida dos estados e municípios cabe à União. O presidente do Senado, no entanto, tem outro entendimento. “A primeira resposta que queremos saber é se o governo pode deixar de regulamentar uma decisão do Congresso, uma lei aprovada nas duas Casas do Congresso Nacional”, indagou.


De acordo com Renan, o Supremo Tribunal Federal (STF) poderá ser acionado para definir a constitucionalidade da lei. “O controle da constitucionalidade cabe ao Supremo. Mas votamos nas duas Casas [Câmara e Senado] uma lei que manda trocar o indexador. E o governo tem um prazo para regulamentá-la, mas para regulamentá-la. O governo não pode deixar de regulamentar a lei, porque a última palavra do processo legislativo é do Parlamento. Quando o Executivo não faz a sua parte, suplementarmente o Parlamento vai ter que fazer”, disse.


Ontem (25), após conversar com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, o presidente do Senado decidiu adiar em uma semana a votação do projeto que obriga o governo a regulamentar em 30 dias a troca do indexador das dívidas.


Para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, o adiamento da votação não muda nada. Segundo ele, o governo vai ter que cumprir o que foi determinado pelo Congresso. “Isso não muda o processo. O processo, eles [governo] têm que cumprir. Se eles fizerem algum tipo de acordo, não quer dizer que não tenham que cumprir ou que não tenham a obrigatoriedade de cumprir”, afirmou.


Sobre a possibilidade do STF arbitrar a questão, Cunha entende que o Legislativo fez uma lei que o Executivo tem que cumprir, pois, de acordo com o presidente da Câmara, “cabe ao Poder Judiciário julgar aquele que não cumpre a lei, não o que faz a lei”.


Na avaliação de Eduardo Cunha, o que o governo está fazendo é “uma quebra de contrato” e também passando uma mensagem errada ao mercado. “Respeitar contratos é condição sine qua non que você tem para se ter segurança jurídica para atrair de investidores. Na prática, o governo está quebrando contratos mesmo dizendo que isso possa ter aumento de despesa com a redução de receita, já que essa redução estava prevista quando teve a sanção em novembro”.


Cunha também comentou o projeto de fusão de partidos cujo veto da presidenta da República poderia favorecer a criação do Partido Liberal (PL), que, na avaliação de Renan Calheiros, "distorce o quadro partidário". “Tudo na vida é uma questão política e estamos vivendo uma crise política. Obviamente que esse partido existindo, sendo protocolado, podendo ser criado, abalou um pouco, quebrou um pouco o cristal de confiança. Isso será recuperado, até porque esse partido não será criado, porque o PMDB vai ingressar no Poder Judiciário e vai fazer de tudo para impedir a criação desse partido. Mas nós, PMDB, com o governo, temos que aos poucos recuperar a relação que tinha antes que foi, de certa forma, abalada por esses movimentos políticos”, disse o presidente da Cânara.


Cunha ressaltou que o seu partido não se sentiu traído com essa questão, mas que, segundo ele, não considerou correto esse processo. “De certa forma foi a utilização da máquina do governo para criar um partido que tem um intuito claro de atentar contra o PMDB”.



LEIA MAIS ...



Colisão entre 2 trens de passageiros deixa 22 feridos na Tailândia

Colisão entre 2 trens de passageiros deixa 22 feridos na Tailândia

Bangcoc, 27 mar (EFE).- Pelo menos 22 pessoas ficaram feridas, duas delas com gravidade, no choque de dois trens de passageiros no final da noite de ontem na província de Ayutthaya, ao norte de Bangcoc, informaram nesta sexta-feira (data local) as autoridades tailandesas.


Um dos motoristas e um mecânico estão em estado crítico, enquanto a maior parte dos feridos deixou o centro hospitalar na primeira de hoje, uma vez que seus ferimentos eram leves, declarou o porta-voz da polícia, Nateepat Thammaratsophon, segundo o jornal "Bangcoc Post".


A companhia estatal de trens indicou em comunicado publicado no Facebook que se desconhecem ainda as causas da colisão, sem apresentar mais detalhes.


As autoridades locais abriram uma investigação para esclarecer a causa da colisão.


A deficiente manutenção dos carris e a antiguidade das locomotivas são algumas das razões pelas quais a atual junta militar que governa Tailândia desde maio de 2014 anunciou que planeja a modernização do transporte ferroviário nacional. EFE



LEIA MAIS ...